“Eles escolhem as opções mais caras” afirma vereadora sobre secretaria da Educação em Goiânia

Sabrina Garcêz aponta que em nova sessão da Comissão que investiga a área os indícios apontam para “ineficiência com o dinheiro público”

Vereadora Sabrina Garcêz | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

A vereadora Sabrina Garcez afirmou nesta segunda-feira, 10, que a Comissão Especial de Inquérito (CEI) da Educação encontrou mais um indicio de irregularidade da Gestão Municipal com a área.

Após interrogatório da diretora de uma escola que funciona em prédio alugado sem alvará de funcionamento, Sabrina aponta que há uma ordem de serviço para reformar a estrutura própria da escola expedida há mais de um ano. “O que se esperava é que com a ordem de serviço as obras começariam de forma imediata”, defende.

Segundo Sabrina, o aluguel do espaço gira em torno de R$ 28 mil, e mesmo com o valor elevado não ofereceria condições mínimas de funcionamento, como acessibilidade. Além disso, a parlamentar aponta que no prédio provisório uma reforma da estrutura teria sido realizada, custando R$ 15 mil.

“Mais um indício de uma administração errada. É a ineficiência com o dinheiro público. Parece que eles escolhem as opções mais caras”, criticou.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.