Eleições: presidente estadual do PSD vê “onda de reflexão” em Goiânia

Segundo Vilmar, situação de Maguito aumentou o grau de imprevisibilidade da eleição: “tudo pode acontecer hoje”

Vilmar Rocha | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

O presidente estadual do PSD, ex-deputado federal Vilmar Rocha, falou ao Jornal Opção sobre a alta abstenção nestas eleições em Goiânia. “Tivemos uma abstenção muito grande no primeiro turno, isso é um assunto que deve ser analisado. Não é brincadeira, 300 mil eleitores deixaram de votar, 30% e isso tem alguma razão, né? A média histórica é 20% e nem estamos falando dos brancos e nulos”, apontou.

Ao comentar a campanha de Vanderlan Cardoso, o presidente do PSD diz que a avaliação é positiva. “Foi tudo muito bem, estamos satisfeitos”, resumiu. Para Vilmar, uma onda de reflexão sobre qual é a melhor opção de fato tem tomado conta da população de Goiânia. “Eu não sei se será uma onda grande, ou se vai ser uma marola. A gente não sabe avaliar, mas há uma onda”, analisou.

“As pessoas estão muito mais reflexivas sobre o futuro de Goiânia e as coisas se resumem no seguinte: o Maguito vai se recuperar e desejamos que ele se recupere. Só que essa recuperação será lenta, o que é natural, isso não é um juízo de valor, mas sim uma constatação. E quem vai ficar na prefeitura durante um ano da administração? Na minha avaliação essa é a reflexão que a população faz”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.