Eleição marca fim de congresso da UNE no domingo, em Goiânia

Nova presidência será eleita na capital. Quem ganhar estará à frente de sete milhões de universitários do País

O fim do 54º Congresso da UNE m Goiânia, no domingo (6/6), será marcado pela eleição da nova presidência da entidade. O processo é congressual, semelhante ao que ocorre na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Central Única dos Trabalhadores (CUT) e Confederação Nacional dos Bispos Brasileiros (CNBB).

Inicialmente, são realizadas eleições diretas nas universidades, para escolher os delegados que terão direito a voto no Congresso. Em 2015, essa etapa inicial mobilizou 98% das universidades do país.

Durante o encontro, as chapas de delegados se organizam em teses que são apresentadas, discutidas e eleitas na plenária final. A diretoria é composta proporcionalmente na medida exata dos votos que cada chapa obteve na votação.

Quem ganhar as eleições na UNE estará à frente de sete milhões de universitários brasileiros e terá papel destacado nas lutas dos movimentos sociais brasileiros pelos próximos dois anos.

Já passaram pela presidência os senadores José Serra (PSDB-SP) e Lindbergh Farias (PT-RJ), o ministro Aldo Rebelo e os deputados federais Orlando Silva (ambos do PCdoB-SP) e Wadson Ribeiro (PCdoB-MG).

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.