“Ele continua ligado às raízes do passado, eu estou pensando no futuro”, diz João Gomes sobre Gomide

Candidato tucano comenta disputa com ex-aliado Antônio Gomide, em Anápolis: “somos adversários políticos, não inimigos”

Candidato à prefeitura de Anápolis, João Gomes (PSDB) | Foto: Reprodução

O candidato à prefeitura de Anápolis, João Gomes (PSDB), avalia que a campanha deste ano, apesar de difícil, começou a decolar. Para ele, o momento atual afeta todos os candidatos que precisam estar mais presentes nos meios de comunicação como TV e rádio e, principalmente, nas redes sociais.

“Estamos seguindo os protocolos, evitando aglomeração, mas tentando levar a nossa mensagem ao maior número de pessoas. É uma campanha propositiva focada em mostrar as realizações de quando fui prefeito e nossas propostas para a cidade no pós-pandemia”, afirma o tucano.

O foco de sua gestão, caso seja eleito, terá ênfase na geração de empregos, educação e saúde, áreas que segundo o candidato estão sendo mais afetadas pelo coronavírus. João Gomes também aposta na criação de um programa de auxílio para complementar a renda das famílias mais vulneráveis de Anápolis.

Gomide renunciou ao mandato e eu assumi, mas nós dois fomos eleitos

O candidato reconhece que a eleição deste ano é um pouco inusitada uma vez que ele disputa a prefeitura com Antônio Gomide (PT), de quem herdou a prefeitura quando era seu vice-prefeito, e com Roberto Naves (PP), que se tornou prefeito ao vencê-lo nas últimas eleições. “O Gomide renunciou ao mandato e eu assumi, mas nós dois fomos eleitos”, defende.

“O meu tempo no PT venceu e ele [Antônio Gomide] continua ligado às raízes do passado, já eu estou pensando no futuro. Tenho grandes e bons amigos dentro do partido, mas hoje temos projetos totalmente diferentes para a cidade. Existe o respeito e a consideração, afinal somos adversários políticos, não inimigos”, resume Gomes.

Nossa visão é estar mais presente, além de buscar a união de forças

Ao comentar sobre a atual administração, o candidato diz que fará diferente. “A cidade experimentou a minha administração e é totalmente diferente da atual gestão. Meu governo é voltado para o povo, com o olhar nas pessoas. Nossa visão é estar mais presente, além de buscar a união de forças”, aponta. “Não dá para imaginar uma gestão em que o prefeito está desligado das pessoas”, alfineta.

Sobre o PSDB, João Gomes defende que a sigla tem um legado de realizações em Goiás, especialmente em Anápolis. “Pode pegar todos os partidos e somar o que fizeram, o PSDB fez muito mais por Goiás”. Ele também garante que a questão partidária não pesará na administração. “A cidade está acima de interesses partidários, sabemos que Anápolis não é uma ilha e que precisamos buscar parcerias. Não podemos isolar a cidade”, encerra.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.