Educação e união em tempos de pandemia

O regime especial de aulas não presenciais alargou o caminho do ensino e aprendizagem, na mesma medida em que fortaleceu o papel dos protagonistas deste processo

*Fátima Gavioli é secretária de Estado da Educação de Goiás

Dezenas de lindas histórias protagonizadas por nossos estudantes, professores, servidores e gestores têm chegado à Secretaria da Educação de Goiás desde o início do enfrentamento da pandemia do coronavírus. São histórias que estão registrando para sempre o papel fundamental da Educação na vida das pessoas.

Estamos fazendo um trabalho gigantesco nesse momento difícil. Absolutamente relevante. As decisões tomadas pelo governador Ronaldo Caiado diante das orientações das autoridades de saúde daqui e do mundo mudaram nossa vida e têm nos dado a oportunidade de reescrever a Educação pública estadual.

O regime especial de aulas não presenciais alargou o caminho do ensino e aprendizagem, na mesma medida em que fortaleceu o papel dos protagonistas deste processo. Nossos alunos estão refazendo o caminho dos seus estudos, sua forma de estudar. Nossos professores têm encontrado formas extraordinárias de dar sua aula, de acompanhar seu aluno, de prepará-lo para as avaliações. Os gestores das escolas, coordenadores regionais, servidores de toda a rede estadual, enfim, toda a equipe da Secretaria se uniu em prol desse modelo, até então tão novo para todos nós.

O século 21, em meio aos seus desafios, exige de nós esse posicionamento firme que adotamos nesse momento de crise de saúde avassaladora em todo o mundo. E o mais extraordinário é testemunharmos o quanto somos capazes e o quanto a Educação faz a diferença.

Estamos trabalhando arduamente para que as aulas a distância alcancem o que nos propomos a fazer. Nas suas diferentes vertentes, por telefone celular, salas on-line, portal de conteúdo, aulas televisionadas, desenvolvimento de materiais pedagógicos e complementares, trabalho com os estudantes que não têm o acesso a essas tecnologias e ainda todo acompanhamento pela estrutura da Secretaria estão proporcionando a continuidade do ensino e dos estudos, o cumprimento do ano letivo e a nossa contribuição nas ações para a diminuição da disseminação do Covid-19.

Também, mesmo neste momento, damos continuidade às melhorias da infraestrutura das escolas, à reposição de mobiliário com novas carteiras escolares, a entrega gratuita do uniforme que, pela primeira vez, é feita pelo Governo do Estado. Ainda, damos andamento nos principais projetos e ações voltados para os avanços da aprendizagem e para a vida dos nossos mais de meio milhão de alunos, como os de preparação para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Por decisão do governador Ronaldo Caiado, estamos destinando os recursos da Merenda Escolar na forma de auxílio alimentação para os nossos estudantes carentes, e continuamos fazendo o repasse e pagamentos como do Proescola destinado à manutenção das unidades escolares.

Criamos vínculos desde o início do ano passado que nos fortalecem nesse momento de dificuldades. Estamos unidos, utilizando, cada um de nós, o que temos de melhor. E os apoios nos têm chegado de todos os lados. Além do mais, em prol da vida, nossos cuidados e amor, tão próprios dos profissionais da Educação, são o norte de tudo que temos feito. Estamos construindo uma escola pública ainda melhor, ainda mais amorosa, repleta de exemplos de boas práticas e, definitivamente, não só um grande porto seguro para os avanços e conquistas dos nossos estudantes, mas a base mais fundamental para o desenvolvimento econômico e social em Goiás. A hora é de agradecimentos, reverência, reconhecimento e encantamento com as lindas histórias da nossa rede estadual de ensino.

2 respostas para “Educação e união em tempos de pandemia”

  1. Eu, fiquei admirada quando a Secretaria de Educação do Estado de Goiás adotou o ensino e aprendizagem logo no início do enfrentamento dessa Pandemia de Corona vírus. Se me lembro bem, acho que no segundo dia, após suspender as aulas presenciais, protegendo assim, tanto os servidores com a criação do Teletrabalho, e os alunos por serem atendidos na comodidade de suas casas. Preservando a saúde, a educação e a vida de todos. É claro que nem todos conseguem receber o conteúdo, o ensino remoto, devido não possuírem um celular smartphone, ou computador, Notebook, tablet, enfim um aparelho eletrônico e internet para acessar aos estudos. Mas nesse caso, os professores vem aqui na escola e imprimimos as atividades pedagógicas e o motorista do ônibus escolar , ou até mesmo o professor,leva o conteúdo na porta do aluno. Com a ajuda da Secretaria da Educação e o Apoio da Coordenação Regional de Goiatuba GO, estamos conseguindo dar assistência educacional aos nossos alunos. É verdade que nada é melhor do que as aulas presenciais, que além dos alunos receberem o conteúdo disciplinares, recebem também o carinho, amor e afeto de seus professores e de toda
    a equipe da Escola Estadual Especial São Francisco de Assis. A Afetividade tem o poder de auxiliar na aprendizagem, passa segurança e confiança a criança e adolescente, assim eles se sentem felizes. E, o aprendiz estando feliz, ele se abre e aprendi. Como diz Eugênio Cunha(2012, p.16): ” O afeto quando resulta da prática do amor, torna-se amorosidade, atitude que se reverte em estímulos para o aprendizado, dando clareza e entendimento ‘a consciência”. O afeto também influência no modo de como aprendemos, educamos e aperfeiçoamos. Rossini (2011, p.16). Quando pensamos em educação de qualidade, pensamos numa educação com amor, respeito e afeto. A palavra afeto, do latim “affetare” significa ” ir atrás”, é o que temos presenciado, desde o início do isolamento social, por conta do Covid-19. Meu muito obrigada a todos que tem se desdobrado para que o processo de desenvolvimento educacional em Goiás, aconteça proporcionando educação para todos. Um abraço! Marinalda.

  2. Muito obrigada a todos que tem contribuído com o ensino remoto. Obrigada pelos esforços que a Secretária da Educação juntamente com a Coordenação Regional de cada cidade tem feito para amenizar o prejuízo no ensino aprendizagem dos alunos no Estado de Goiás. Muito parabéns a todos pela a educação. Obrigada Professora Fátima Gavioli e sua equipe. E, obrigada Moacyr e Liz por estarem nós apoiando sempre.

    Marinalda Barbosa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.