Educação: Aparecida inicia segundo semestre com aulas remotas

Regime de aulas não presenciais será mantido até que o Comitê de Prevenção e Enfrentamento ao novo Coronavírus de Aparecida autorize retorno presencial

Educação em Aparecida | Foto: Rodrigo Estrela

A educação municipal de Aparecida de Goiânia começa nesta segunda-feira, 3, o segundo semestre para os 48 mil alunos matriculados em escolas municipais, cmeis e entidades conveniadas com Secretaria de Educação, Cultura e Turismo (Semect). A volta às aulas seguirá os critérios estabelecidos pelo Regime Especial de Aulas Não Presenciais (REANP), adotado ainda no começo de abril como uma das medidas para conter os avanços da pandemia pelo coronavírus.

“Apesar de desejarmos muito que nossa rotina escolar seja retomada, entendemos que, neste momento, a decisão mais segura para toda a comunidade escolar é a manutenção das aulas não presenciais, evitando, com isso, a circulação de nossos alunos e diminuindo os riscos de contágio”, ponderou o titular da Semect, professor Wanderlan Luiz Renovato

A modalidade de ensino remota foi uma alternativa encontrada para minimizar os prejuízos causados pelo isolamento social e inclui alunos desde a Educação Infantil (compreendendo crianças dos Agrupamentos de I ao V) ao Ensino Fundamental I e II, que são compostos dos estudantes que estão matriculados de 1º ao 9º ano. O texto também instrui sobre como deve ser feito o atendimento aos alunos que são público alvo da Educação Especial.

De acordo com a Coordenadoria de Ensino e Aprendizagem, assim como foi realizado no primeiro semestre, nesta nova etapa os procedimentos serão mantidos como parte da metodologia. Isso significa que os alunos continuarão recebendo o material pedagógico para estudo pela internet e os professores fornecerão orientações por meio de canais de comunicação como, por exemplo, e-mails e grupos de WhatsApp.

Já no caso das famílias que, por alguma razão, não dispuserem de condições de acesso online, os pais irão retirar as atividades diretamente na escola em que a criança estiver matriculada, devendo, para isso, agendar dia e hora, dentro do horário regular de funcionamento das unidades escolares, para a retirada do material.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.