Jayme Rincón: “Não existe nenhuma acusação contra qualquer licitação da Agetop”

Presidente da Agetop participou de lançamento o Inova Goiás e garantiu que órgão terá diversas ações e obras pelo projeto

O presidente da Agência Goiânia de Transporte e Obras (Agetop), Jayme Rincón (PSDB), esteve presente no evento de lançamento do Inova Goiás, realizado nesta quarta-feira (2/9) e se mostrou empolgado. Ele elogiou o programa de inovação e tecnologia do governo: “É um programa de altíssima envergadura. O governador Marconi Perillo, junto ao vice-governador José Eliton, mais uma vez sai na frente”.

“Goiás é um estado de vanguarda, um estado que sempre inova”, comemorou ele. Jayme aproveitou para ressaltar que o programa também trará benefícios para a agência que comanda: “O Inova abrange todas as áreas do governo estadual. Com certeza nós teremos várias ações e obras a serem realizadas no âmbito da Agetop”. “É mais uma ação forte do governo no sentido de levar uma vida melhor a todos os goianos”, completou ele.

O presidente da Agetop se esquivou quando perguntado sobre a sua possível candidatura à Prefeitura de Goiânia no pleito do próximo ano. “O PSDB terá candidato à Prefeitura de Goiânia em 2016 com condições de disputar e vencer as eleições. O nome nós vamos discutir o ano que vem, nós temos que discutir projeto”, afirmou.

Questionado sobre a Operação Compadrio, Jayme se mostrou seguro. “Não existe nenhuma acusação formal em relação a Agetop. Vamos aguardar o final das investigações e ver o que o que eventualmente o Ministério pode apresentar de denúncias em relação a Agência”, disse ele.

| Foto: Alexandre Parrode/ Jornal Opção

“Estou seguro”, disse Jayme sobre Operação Compadrio | Foto: Alexandre Parrode/ Jornal Opção

Jayme destacou o trabalho da Agência e se mostrou tranquilo em relação a operação do Ministério Público (MP): “Eu tenho a mais absoluta segurança de que o Ministério Público está fazendo um trabalho sério, correto, sensato e acho que essas investigações acrescentam”. “De 2011 até agora nós licitamos 8 bilhões e 600 milhões de reais em obras e tivemos uma economia de 2 bilhões e 100 milhões de reais”, pontuou ele, garantindo que não acredita que o MP vá encontrar alguma irregularidade na Agetop.

“Todas as nossas licitações foram disputadas por empresas de todo o Brasil, não existe qualquer acusação em relação a favorecimento ou direcionamento de qualquer licitação da Agetop. Se por acaso alguém tiver, que denuncie”, desafiou Jayme.

Sobre uma possível ida à Assembleia, Jayme disse que ainda não sabe se falará aos deputados: “Não me vejo na obrigação de ir lá”, disse ele. E acrescentou: “a partir do momento em que o Ministério Público apresentar qualquer denúncia, aí sim eu deveria algum tipo de explicação. Acho que a oposição está se precipitando”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.