“É um momento muito triste para a nossa democracia”, diz vereadora sobre disputa presidencial

Tatiana Lemos (PcdoB) lamenta popularidade de Jair Bolsonaro (PSL)

Vereadora Tatiana Lemos, do PCdoB | Câmara de Goiânia

A vereadora de Goiânia, Tatiana Lemos (PcdoB) avalia o cenário da disputa pela Presidência e lamenta que o candidato Jair Bolsonaro (PSL) esteja na frente nas pesquisas de intenção de voto.

Para Tatiana, caso Bolsonaro seja eleito, a democracia do país estará comprometida. “Hoje nós estamos vivendo um Brasil em estado de exceção, não tem mais respeito a nossa Constituição. É muito grave o que está acontecendo”, disse.

O partido da vereadora compõe a chapa do candidato Fernando Haddad (PT) com o nome da vice, Manuela D’ávilla.

Tatiana defende que a discussão não deve girar em torno de quem é a favor ou contra o PT. “As pessoas tem que entender que não é ser a favor ou contra o PT, é uma questão de ser favor ou contra um candidato que tem como ídolo um torturador e que é fascista, misógino e homofóbico”, declarou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.