“É a solução do problema da água e do esgoto na cidade”, diz prefeito de Aparecida sobre obras de saneamento

Todas as etapas do sistema – Linhões Central e Sul –, depois de concluídas, somarão R$ 73,7 milhões em investimentos

Visita a obras do Linhão em Aparecida de Goiânia | Foto: Ascom

“É a solução do problema da água e do esgoto na cidade. Uma obra muito sonhada, que dependia do linhão. Quando tudo isso tiver concluso, teremos a certeza que todas as famílias aparecidenses terão acesso ao benefício”, disse o prefeito de Aparecida de Goiânia, Gustavo Mendanha (MDB), nesta terça-feira, 11, durante visita técnica à etapa 2 do Linhão Central.

Todas as etapas do sistema – Linhões Central e Sul –, depois de concluídas, somarão R$ 73,7 milhões em investimentos, beneficiando mais de 370 mil aparecidenses, de mais de 80 bairros, com o fim de uma espera de décadas pelo abastecimento universal de água.

“A água do [Ribeirão] João Leite vai chegar em Aparecida, garantindo qualidade e a regularidade no abastecimento. Estas são a diferença e a importância dessa obra para todas as famílias de Aparecida de Goiânia”, anunciou o governador Ronaldo Caiado (DEM).

Com o sistema, a dependência que a população de algumas regiões ainda tem dos poços artesianos e até de outras formas de abastecimento.

O presidente da Saneago também destacou a importância da obra. “Os linhões vão levar regularidade; essa água do João Leite vai chegar a cerca de 370 mil pessoas”, informou Soavinski sobre a conclusão do sistema que está sendo realizado. Ele informou que em janeiro do ano que vem, essa etapa 2 será inaugurada. “Está tudo correndo dentro do cronograma”, afiançou.

Etapas

Somente o contrato da etapa no 2 do Linhão Central, visitada hoje, tem valor de R$ 27,6 milhões. Entre os bairros beneficiados estão Conde dos Arcos, Independência, Industrial Santo Antônio, Parque Hayala, Polo Empresarial de Goiás (2ª Etapa), Veiga Jardim (parte) e Vila Oliveira, abrangendo um total de 52 mil habitantes

Além deste trecho, estão em andamento os trabalhos nas etapas 1 e 3 do Linhão Central e no Linhão Sul. O contrato deste último, no valor de R$ 25,3 milhões, prevê a implantação de centros de reservação, estação elevatória, redes de distribuição e adutoras, que vão atender 203 mil pessoas.

Já a etapa 1 do Linhão Central, com investimentos de R$ 7,1 milhões, abrange a ampliação do Booster Cascalho, responsável por incrementar em 200 litros por segundo a vazão de água para a Região Sul de Goiânia e Norte de Aparecida de Goiânia.

Por fim, a etapa 3 do Linhão Central conta com investimentos de R$ 13,7 milhões e se refere à construção do Centro de Reservação Veiga Jardim, estações elevatórias de água tratada e redes de distribuição. O trecho beneficiará uma população de 117 mil habitantes, sendo que parte da rede de distribuição de água do Parque Amazônia já está sendo atendida.

O Sistema de Linhões da Saneago é um conjunto constituído por redes de distribuição, adutoras, centros de reservação e boosters, que levará água do Sistema Produtor Mauro Borges para abastecer a população de Aparecida de Goiânia. Por ser uma obra complexa, foi dividida em etapas. A previsão é de que todos os linhões estejam concluídos até 2024.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.