Duras críticas a secretário faz base aliada reagir na Câmara

Titular da SMS, Fernando Machado foi alvo de reclamações do vereador Pedro Azulão Júnior, que o chamou de “dorminhoco, preguiçoso e irresponsável” por seis vezes

Vereador Pedro Azulão Júnior (esq) e o secretário Fernando Machado | Fotos: Câmara de Goiânia e SMS

Vereador Pedro Azulão Júnior (esq) e o secretário Fernando Machado | Fotos: Câmara de Goiânia e SMS

As duras críticas direcionadas pelo vereador Pedro Azulão Júnior (PSB) ao secretário Municipal de Saúde (SMS), Fernando Machado, causaram a reação imediata da base aliada à prefeitura presente na sessão plenária desta quinta-feira (8), na Câmara de Goiânia.

Por seis vezes o titular da foi chamado de “dorminhoco, preguiçoso e irresponsável”. Azulão reclamava que uma vizinha dele morreu por falta de atendimento em unidade de saúde. “Quero aqui deixar minha indignação com a irresponsabilidade desse secretário que não atende vereador. É dorminhoco, preguiçoso e irresponsável. Por isso, perdi uma grande companheira, minha vizinha e minha amiga, que Deus a tenha”, disse o pessebista.

A fala foi respondida instantaneamente. “Não sou advogada do Fernando, mas às vezes a chefe de gabinete resolve o problema. Às vezes ele está em visita a alguma unidade de atendimento”, disse Cida Garcêz (SD).

Zander Fábio (PSL), que presidia a sessão, afirmou que o secretário ajuda quando precisa. “Sabemos da dificuldade em relação às vagas nos leitos de Unidade de Terapia Intensiva [UTI] na capital, mas sempre que peço ele me atende.” Jorge do Hugo, do mesmo partido, os peemedebistas Denício Trindade, Welington Peixoto e Eudes Vigor, além de Paulo Magalhães (SD) reforçaram o discurso de defesa.

Presidente da Câmara, Anselmo Pereira (PSDB) voltou a coordenar os trabalhos e defendeu Fernando Machado. “Se tem um secretário que merece respeito é ele, dentro de suas limitações. Atende bem, é simples humilde e competente. Cuidado para não cometer injustiça.”

Além do tucano, Milton Mercêz (sem partido) foi o único da oposição tecer elogios ao auxiliar do prefeito Paulo Garcia (PT). Os debates ocuparam quase todo o tempo da sessão. Após a manifestação da base, Azulão afirmou que não retirava nada do que havia dito.

Uma resposta para “Duras críticas a secretário faz base aliada reagir na Câmara”

  1. José Mariano disse:

    E uma pena saber disso, pq quando e amigo, compadre, conxavo, ou parente eles defendem com unhas e dentes e se fosse um cidadão comum, nem aparecia, pq não defendem o povo que afinal foi quem os elegeu, pagam seus salários, devem sim cuidar dos interresses do povo não só dos amigos etcs …..

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.