Duas pontes em rodovias goianas são interditadas após rompimento de barragem

Estruturas das pontes foram prejudicadas por correnteza da água. Corpo de Bombeiros auxilia tráfego no local

Equipe da Goinfra durante fiscalização de pontes abaladas pela corrente de água / Foto: Divulgação/Goifra

Duas pontes em rodovias goianas foram atingidas pela correnteza decorrente do rompimento da barragem na Fazenda São Lourenço das Guarirobas, em Pontalina. É o que constatou o presidente da Agência Goiana de Infraestrutura e Transporte (Goinfra), Pedro Sales, em visita com equipe técnica. As pontes localizadas na GO-040 e GO-215 ficarão interditadas para que suas estruturas sejam reparadas.

“Com as chuvas intensas e o rompimento da barragem houve uma pressão muito forte pela passagem de corrente d’água no aterro que faz o encabeçamento dessas pontes”, informou Sales. “Com isso, a água arrastou o material que dava suporte à sustentação da ponte, diminuindo a capacidade de absorção de peso nas respectivas estruturas.”

A obra para o restabelecimento da ponte da rodovia GO-215 é mais simples e terá duração de dez dias. Já a passagem da rodovia GO-040 deverá permanecer interditada no prazo de 30 a 40 dias até que a segurança da ponte seja recuperada. Um desvio por meio de uma estrada vicinal foi elaborado para veículos leves e utilitários. Transportes pesados e de carga deverão transferir suas rotas para a estrada que conduz a Mairipotaba. O Corpo de Bombeiros se encontra nas interdições para auxiliar no tráfego.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.