Doria critica “força desproporcional” de policiais nas favelas e pede revisão dos protocolos da PM

“Como governador do Estado, não aceito que esse tipo de procedimento exista”, argumenta peessedebista, que se diz chocado com vídeos de abuso policial nas comunidades

João Doria | Foto: Leon Rodrigues/ Secom

Após a onda de mortes em diferentes comunidades do Brasil, bem como as imagens divulgadas nas redes sociais que retratam o abuso de autoridade por parte de policiais militares nas favelas, o governador de São Paulo, João Dória (PSDB), pediu a revisão de todos os protocolos da Polícia Militar e afirmou que circunstâncias de violência devem ser punidas.

De acordo com a revista Veja, o governador teria negado que a violência policial nas regiões periféricas seja uma rotina, no entanto, disse estar chocado com os vídeos que circulam nas redes sociais e mostram a violência dos PMs .

“É inaceitável que a melhor polícia do Brasil utilize de força desproporcional e desnecessária, sobretudo quando não há nenhuma reação de agressão. Como governador do estado não aceito que esse tipo de procedimento exista”, disse o governador.

Ainda de acordo com a Veja, o governador teria orientado seus secretários a elaborar um conjunto de propostas sociais voltadas à cidadania, cultura, esporte e lazer. As ações seriam aplicadas em comunidades carentes como Paraisópolis e Heliópolis, conjuntos que reúnem juntos milhares de habitantes.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.