Dono de clínica de reabilitação em Goiás é preso por manter pacientes em cárcere privado

Comunidade terapêutica que cuida da reabilitação de dependentes químicos está totalmente em desacordo com o que determina a Anvisa

Foto: Divulgação/PC

O dono de uma clínica de reabilitação de dependentes químicos foi preso, nesta quinta-feira (6/9), após policiais encontrarem dois pacientes trancados em um quarto da unidade localizada em Bom Jesus de Goiás. De acordo com as investigações, a chave ficava com um dos internos, que impedia os outros de saírem.

A ação faz parte da Operação Redenção da Polícia Civil que, após denúncias, representou junto ao Poder Judiciário por mandado de busca e apreensão domiciliar.

No local, os policiais constataram a situação irregular, com ausência de alvarás da Vigilância Sanitária, Bombeiros, ausência de equipe técnica especializada no atendimento e de profissional da saúde, conforme determinação legal.

Romildo Geraldo da Silva Júnior, de 30 anos, confessou que familiares contribuíam com cerca de um salário mínimo para deixar os pacientes internados. Devido à situação irregular, a clínica foi interditada eos quatro internos que estavam no local foram entregues a familiares.

O proprietário da clínica foi autuado em flagrante pelo crime de cárcere privado e a pena pode chegar a 8 anos de prisão.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.