Dono da Riachuelo, presidenciável Flávio Rocha vem a Goiânia nesta quarta-feira (4)

CEO da Riachuelo e filiado ao PRB lança Fórum Brasil 200 na capital goiana

Foto: Divulgação / Facebook

O pré-candidato a presidente da República, CEO da rede de lojas Riachuelo, Flávio Rocha (PRB) vem a Goiânia na próxima quarta-feira (4/4) para palestra de lançamento do Movimento Brasil 200 na cidade.

O Movimento Brasil 200, liderado por empresários, se classifica como “um movimento apartidário da sociedade civil” que pretende “contribuir com ideias, propostas e soluções para o país”. “Os políticos não são a solução, hoje eles são o problema. Cabe a nós, brasileiros, filhos da pátria amada que não fogem à luta, mostrar a eles o que queremos e o que vamos cobrar deles nos próximos anos”, diz o manifesto do site oficial.

Em Goiânia, o lançamento do fórum do Brasil 200 será às 18h30, no auditório do Colégio TEO, no Setor Bueno. A agenda de Flávio Rocha na capital goiana também inclui reunião com empresários da região da rua 44 e lideranças da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg).

Evangélico e filiado a partido ligado à Igreja Universal do Reino de Deus, Rocha é conservador nos costumes e defende uma agenda econômica liberal, com a diminuição do Estado e a privatização de todas as estatais, inclusive a Petrobras.

4 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
4 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

José Roberto JOROBA

Filiado no partido errado.

Osvaldo Coelho

Achei finalmente meu candidato. Alaguem que vai vender tudo que e estatal. Vou daqui ao Brasil so para votar no Rocha para presidente. Quero ver todas as estatais senmdo vendidadas na batida do martelo do leiloeiro. Petrobras, Correios, Instituto de Reseguros, CEF, BNDES. Tudo!

Ricardo

Já perdeu qualquer possibilidade de ter meu voto, só por ser “evangélico e filiado a partido ligado à Igreja Universal do Reino de Deus”.

Bruno Paciello

O pensamento empresarial é diferente,dos currais eleitorais.