Dona Íris representa prefeito de Goiânia em audiência com ministro de Temer

Mesmo em meio a críticas quanto à falta de atuação de Iris Rezende na administração municipal, a primeira-dama assume papel de articulação no Paço

Divulgação/MinC

Em meio à crise da gestão municipal e a críticas devido à falta de atuação por parte do prefeito Iris Rezende (PMDB), a primeira-dama da capital, Íris de Araújo, se reuniu nesta semana com o ministro da Cultura, Roberto Freire, para pedir recursos.

Na audiência, representando o prefeito, a ex-deputada apresentou ao auxiliar um projeto de revitalização da antiga estação ferroviária de Goiânia, localizada na praça do Trabalhador, no Centro da capital, que tem custo estimado de R$ 7 milhões.

Vale lembrar que a forte atuação da primeira-dama na gestão do marido já foi motivo de críticas e de denúncias na capital. No início do mês de março, chegou a ser apresentado na Câmara de Goiânia um documento em que é questionado as atribuições institucionais de Dona Íris no Paço.

O documento pedia esclarecimentos quanto à possibilidade da primeira-dama de estar usando a estrutura da prefeitura para viabilizar algum projeto político.

“Diariamente, as redes sociais oficiais da prefeitura mostram a primeira-dama protagonizando/participando de diversos eventos administrativos, dentre eles o de atender pleitos da comunidade, inclusive, coincidentemente, muitos que já foram solicitados pelos próprios vereadores”, pontuou à época o vereador Eduardo Prado, responsável pelo requerimento.

Conforme já mostrado pelo Jornal Opção, é possível encontrar, no Flickr oficial da Prefeitura de Goiânia, várias fotos da primeira-dama recebendo a população e, em outros momentos, discursando com ou sem o marido.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.