Dom João, príncipe de Orleans e Bragança, profere palestra na capital goiana

Alteza é atração em evento do curso de Relações Internacionais e discute a participação brasileira no exterior

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Bisneto da princesa Isabel e tetraneto de dom Pedro II, dom João Henrique de Orleans e Bragança esteve no Jornal Opção, para entrevista, e comentou o motivo da visita à capital goiana. Dom João vai proferir a palestra “A Formação da Identidade Brasileira e suas Implicações para a Inserção Internacional do Brasil em Âmbito Regional”, nesta segunda-feira (19/5) às 18h30. A palestra é atração do II Encontro Acadêmico Científico de Relações Internacionais da Pontifícia Universidade Católica de Goiás (PUC-GO), realizado até o dia 23 de maio, na Área 1, no Setor Universitário.

O discurso de dom João se norteia pela temática “A Inserção Internacional da América do Sul: Perspectivas e Desafios”, proposta pelo aniversário de 15 anos do curso de Relações Internacionais da PUC-GO. A história do Brasil e as atuais problemáticas, enquanto desafios para melhoria do cenário nacional, a identidade brasileira vista pela política externa e as implicações da formação da política externa imperial do Brasil, no contexto dos congressos interamericanos, deste século, são algumas das temáticas debatidas pela figura real.

Filho primogênito do príncipe dom João Maria Orleans e Bragança, dom João nasceu em 1954. Além de empresário em Paraty, na Pousada do Príncipe, é fotógrafo reconhecido internacionalmente pelo seu olhar com as belezas espalhadas pelas terras brasileiras. Com uma postura em defesa do Brasil, sem medo, ressaltando o patriotismo e as reflexões necessárias para política do país, envolvendo questões partidárias, enquanto sistema, dom João conversou com a equipe do Jornal Opção. A entrevista será publicada neste domingo (25/5).

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.