Dois detentos são encontrados mortos em Goiás

Casos ocorreram em unidades prisionais diferentes e sindicâncias foram abertas para apurar ambos os fatos

Dois detentos morreram na última terça-feira (2/10) em Goiás, segundo informações da Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP). Os casos ocorreram em unidades prisionais diferentes e sindicâncias foram abertas para apurar ambos os fatos.

Durante a tarde, o preso Leonardo Leandro Caetano, de 34 anos, foi encontrado morto, no Centro de Inserção Social Monsenhor Luiz Ilc em Anápolis.

Já à noite, na Casa de Prisão Provisória (CPP), no Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia, o preso Edivaldo Trindade dos Santos, de 26 anos, foi assassinado por seu colega de cela.

A última vítima cumpria pena por homicídio e, de acordo com a direção da unidade, o preso Thiago Prado França, de 22 anos, que dividia cela com Edivaldo, assumiu a autoria do crime. Ele alega que Edivaldo era seu desafeto fora da prisão.

Ainda segundo a direção, os reeducandos que também estavam na cela tentaram simular um suicídio, mas após revista estrutural no local Thiago assumiu o homicídio.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.