Dois criminosos presos em São Paulo confirmam que participaram de assalto a carros-fortes em Goiás

Foram apreendidos com os suspeitos 6 fuzis, um rifle antiaéreo calibre 50, uma pistola calibre 9mm, munições, coletes à prova de balas, explosivos, uniformes técnicos e máscaras 

bandidos são paulo

Armamento pesado foi apreendido com dois homens que confessaram crime em Goiás | Foto: PC-SP

Foram presos pela Polícia Civil de São Paulo dois homens que confessaram participação no assalto a três carros-fortes na BR-153, entre as cidades de Morrinhos e Goiatuba, no sul goiano. As informações são de que os bandidos estavam indo de Ituiutaba (MG) para São Paulo (SP), mas decidiram se separar. Desta forma, a polícia conseguiu prender dois dos criminosos em São Paulo.

Durante a prisão, policiais do Departamento Estadual de Investigações Criminais de SP (Deic) também realizaram a apreensão de armamento pesado utilizado para explodir os carros fortes.

Segundo a delegada Adriana Ribeiro, da Delegacia Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Goiás, foram apreendidos com a dupla 6 fuzis, um rifle antiaéreo calibre 50, uma pistola calibre 9mm, munições, coletes à prova de balas, explosivos, uniformes técnicos, máscaras e a quantia de R$ 710 mil.

O delegado responsável pelas apurações em Goiás, do Grupo de Repressão a Assaltos a Bancos da Deic, Alex Vasconcelos, foi, nesta quarta-feira (3/12), a  São Paulo conferir as investigações.

Ação dos bandidos

De acordo com a Polícia Rodoviária Federal (PRF), o grupo, composto aproximadamente por 10 pessoas, estava fortemente armado e utilizou um caminhão para bloquear a pista e fazer com que os veículos parassem.

Durante ação criminosa, que ocorreu na última segunda (1º), três vigilantes foram mortos.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.