Doação da JBS a Adriana Accorsi foi feita pelo Comitê Financeiro do PT

Deputada estadual nega ter recebido qualquer dinheiro diretamente da JBS

Foto: Fernando Leite/Jornal Opção

Em nota divulgada à imprensa, a deputada estadual Adriana Accorsi (PT-GO) explica a origem do dinheiro que a JBS diz, em delação premiada, ter repassado à petista.

“A doação no valor de R$ 5.000 mil reais a sua campanha foi feita pelo Comitê Financeiro Único do Partido dos Trabalhadores (PT) e está devidamente declarada à Justiça Eleitoral”.

Por fim, o texto diz que todas as doações recebidas foram legais e aprovadas pelo TSE. “Importante que se afirme que o nome da deputada Adriana Accorsi não consta em lista de delação. A parlamentar não recebeu qualquer centavo diretamente da JBS”, esclarece a nota.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.