Divulgada balança comercial do mês de outubro do ano passado

CIN afirmou que queda ocorreu por causa da falta de exportações  e incremento nas importações

O resultado da balança comercial goiana do mês de outubro/2021 foi divulgado, nesta segunda-feira, 8, pelo Centro Internacional de Negócios (CIN), da Federação das Indústrias do Estado de Goiás (Fieg). O saldo foi deficitário em US$ 90,6 milhões, com a queda nas exportações e incremento nas importações. O recuo foi de 136% em relação ao mesmo período do ano passado, já na comparação com setembro/2021, a queda registrada foi de 130%.

A Coordenadora do CIN, Johanna Guevara, disse que os números sofreram impacto  diante do embargo chinês à carne brasileira, a crise hídrica e o fornecimento de energia. De acordo com ela, em outubro, as exportações goianas  fecharam em US$ 569,3 milhões, uma retração de 25% na comparação com setembro/2021; enquanto as importações tiveram aumento de 45%, resultando em US$ 659,9 milhões em valor negociado. 

Ressaltou ainda o recuo das exportações de soja, principalmente, devido à antecipação da importação do produto pela China em meses anteriores.  O presidente da Fieg, Sandro Mabel, também disse que os números confirmam a importância de diversificar os parceiros comerciais. A china lidera o ranking de países importadores de goiás, normalmente, entre 40% e 50%

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.