Diretora do Complexo Prisional de Aparecida de Goiânia é afastada do cargo

Diretor interino da unidade foi nomeado durante investigação no presídio

A diretora Edleidy, do complexo prisional de Aparecida de Goiânia (GO), foi afastada do cargo durante investigações a respeito de um vídeo em que presos usam drogas em uma “festa” realizada por detentos.

O vídeo, supostamente gravado no dia 1, mostra detentos usando drogas no interior da unidade, durante o que parece ser uma festa de aniversário. Segundo nota da DGAP, ao tomar conhecimento das imagens, o diretor-geral coronel Edson Costa Araújo determinou a abertura de sindicância para apurar a participação tanto de reeducandos quanto de servidores.

Até o encerramento da apuração, o servidor Álvaro Rosa Silva responderá interinamente pela unidade. A DGAP também acionou a corregedoria para investigar o que ocorreu.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.