Diretor do Butantan pede ‘dignidade’ a Bolsonaro na busca por insumos para fabricar a vacina

Atraso no recebimento do insumo pode paralisar a vacinação no Brasil

Dimas Covas, diretor do Butantan | Foto: Reprodução

O presidente do Instituto Butantan, fabricante da única vacina contra o novo coronavírus usado até agora no país, pediu que presidente Jair Bolsonaro (sem partido) “tenha a dignidade” de ajudar a agilizar o envio de insumos do imunizante da China.

O apelo de Dimas Covas é para a chegada do IFA (ingrediente farmacêutico ativo) indispensável na fabricação da Coronavac. Atraso no recebimento do insumo pode paralisar a vacinação no Brasil.

O Brasil tem seis milhões de doses prontas, fabricadas com o insumo que foi trazido pelo Governo de São Paulo da China, sede da Sinovac.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.