“Dinheiro público é para fazer com que as obras aconteçam”, diz governador durante visita a hospital de Formosa

Paralisada há quase quatro anos, as obras da Policlínica de Formosa foram retomadas pelo Governo de Goiás há seis meses para que seja cumprida a promessa de regionalização da Saúde em todo o Estado

Em visita à unidade neste sábado, 6, o governador Ronaldo Caiado (Dem) destacou que a Policlínica teve de ser toda refeita. “Ficou totalmente largado, toda uma infraestrutura apodrecendo, caindo as peças todas. Recebemos isso aqui para construir novamente”, explicou Caiado.

Agora, as obras já estão em estágio avançado, o que demonstra, nas palavras do governador, que o Estado tem “respeito com o dinheiro público, respeito com a saúde da população”. A Policlínica de Formosa possui 3.775 metros quadrados de área construída com ambientes distribuídos em consultórios, laboratórios, clínica, administrativos e manutenção. Além desta unidade, já foi instalada uma Policlínica em Posse e o Governo prepara estruturas em Goianésia, Quirinópolis e outras cidades goianas.

A Policlínica de Formosa ainda oferecerá aos cidadãos do município e da região consultas com diversas especialidades médicas, realização de exames e atendimento ambulatorial.

O prefeito de Formosa, Gustavo Marques de Oliveira, aponta que a Policlínica atenderá a demanda de cidades como Alvorada do Norte, Cabeceiras, Flores de Goiás, Vila Boa, Simolândia, entre outras. “Formosa será referência para atender o Nordeste goiano. Da divisa da Bahia para cá, todas as cidades serão atendidas em Formosa”, assegurou Gustavo Marques.

Hospital Estadual

Estadualizado este ano após aprovação da Assembleia Legislativa do Estado de Goiás (Alego), o Hospital Estadual de Formosa passa agora por ampla reforma para a melhoria da estrutura e instalação de leitos de UTI. A unidade conta com 50 leitos de enfermaria e serão implantados 10 leitos de UTI. A estrutura ainda comporta a instalação de mais 10 leitos de enfermaria, totalizando 70.

Segundo o governador, o Hospital atenderá às demandas de média e alta complexidades, além disponibilizar uma ala exclusiva para pacientes com Covid-19. “Após essa pandemia do coronavírus, a UTI vai continuar funcionando para poder dar qualidade de saúde ao povo”, reforçou Caiado.

Benefícios

Para o prefeito de Formosa, o município tem muito a ganhar com a nova unidade. “Nós, formosenses, só temos a agradecer ao governador por estar fazendo isso pela nossa saúde, em um momento tão difícil e complicado que estamos passando. Com sua sensibilidade, olha mais uma vez para o Entorno do Nordeste goiano e do Distrito Federal”, ressaltou.

As duas unidades estaduais vão trazer uma série de benefícios ao município, especialmente pelo atendimento das demandas de média e alta complexidade. “Formosa ganha muito com isso porque antes só tínhamos atendimentos eletivos. Hoje, já temos aqui a oportunidade de iniciar a instalação de dez leitos de UTI para atender Formosa e região”, declarou o prefeito.

Além disso, com a Policlínica e o Hospital Estadual, os cidadãos não vão precisar recorrer ao atendimento de saúde da capital. “Não precisaremos mais ficar na estrada, transitando com ambulância e as pessoas perdendo a vida indo para Goiânia ou Brasília”, completou Gustavo Marques.

Comando de Artilharia

Também na manhã deste sábado, o governador visitou o Comando de Artilharia do Exército, no Forte de Santa Bárbara, em Formosa, a convite do presidente Jair Bolsonaro.

Ao lado de ministros, integrantes do governo e apoiadores, Caiado acompanhou o funcionamento do Programa Estratégico do Exército ASTROS 2020, que visa ampliar as capacidades operacionais e o poder de dissuasão da Força Terrestre do Exército Brasileiro.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.