“Dilma perdeu completamente a capacidade de governança”, diz presidente nacional do PTB

Deputada federal assinou o documento pró-impeachment e afirma que não há possibilidade de retorno à base petista

essa5

Presidente nacional do partido veio a Goiás para 15º encontro da legenda, na Assembleia Legislativa de Goiás | Foto: Sarah Teófilo / Jornal Opção

“Não tem projeto. Não tem plano A, B ou C. Dilma perdeu a capacidade de reorganizar sua base e, pior ainda, de controlar a economia.” É assim que a presidente do PTB nacional e deputada Federal, Cristiane Brasil, define o governo da presidente Dilma. A parlamentar sustenta que institucionalmente a legenda não retornará à base do Partido dos Trabalhadores.

A declaração da deputada sobre a impossibilidade de retorno de apoio foi feita em entrevista na tarde desta segunda-feira (21/9), na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego), antes de entrar no Auditório Costa Lima, onde ocorria uma reunião do PTB, com a presença da presidente estadual Jovair Arantes.

Como líder nacional da legenda, Cristiane garante que o PTB não retornará à base da presidente Dilma Rousseff (PT), mas que irá respeitar os posicionamentos dos parlamentares. “Eu digo que depende dos deputados que querem ainda fazer acordos individuais com a presidente. Eu vou respeitar porque nossa posição é de independência”, e completou: “Tenho fé que nós assumiremos uma posição de saída do governo nos próximos dias.”

A favor da saída da presidente Dilma, Cristiane explica que assinou o documento pró-impeachment. De acordo com a deputada, a presidente da República não tem demonstrado nenhuma capacidade de governança, e o partido não pretende votar a favor das medidas impopulares do governo. “Vamos votar contra o pacote do governo, porque somos contra o aumento de impostos”, disse se referindo à volta da CPMF.

No último mês, o PTB e o PDT anunciaram independência em relação ao governo na Câmara dos Deputados. O presidente estadual da legenda, Jovair Arantes, por exemplo, não está completamente alinhado ao posicionamento de Cristiane. Questionada sobre cargos no governo federal, em tom amistoso, a deputada disse apontando para Jovair: “Pergunte a ele. Eu, a presidente, não tenho cargo, mas parte da bancada tem.”

O deputado federal goiano explicou que possui cargos. Mais moderado ao ser questionado se na Câmara é oposição à presidente, Jovair desconversou dizendo que ele e o PTB têm sido “racional”. “Somos independentes, racionais, e vamos continuar assim. Há matérias que precisam ser votadas, outras não.”

 

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.