Dilma depõe como testemunha de defesa da senadora Gleisi Hoffman

Senadora do PT e o marido, ex-ministro Paulo Bernardo, são acusados de receber R$ 1 milhão no esquema de corrupção da Petrobrás

Senadora Gleisi Hoffmann (PT) e a ex-presidente Dilma Rousseff (PT) | Foto: Reprodução / Facebook

A ex-presidente Dilma Rousseff (PT) presta depoimento nesta sexta-feira (28/7), em Porto Alegre, na condição de testemunha de defesa da senadora Gleisi Hoffman (PT). A audiência está marcada para às 13 horas na Seção Judiciária do Estado do Rio Grande do Sul.

Gleisi e o marido, o ex-ministro das Comunicações Paulo Bernardo, são acusados pela Lava Jato de receber R$ 1 milhão do esquema de corrupção da Petrobras para custear a campanha eleitoral ao Senado, em 2010. A ação penal tramita no Supremo Tribunal Federal (STF) por conta do foro privilegiado da parlamentar.

Além de Dilma, será ouvido nesta sexta o ex-presidente da Petrobras José Sérgio Gabrielli, em depoimento marcado para às 17 horas na Justiça Federal da Bahia, em Salvador. Gabrielli também falará como testemunha de defesa.

Deixe um comentário