“Dicionário goianês” reúne 4 mil palavras e 300 expressões goianas

Livro é resultado do trabalho de dois servidores aposentados com o objetivo de resgatar a memória popular

Divulgação

Quatro mil palavras e 300 expressões pronunciadas pelos goianos foram reunidas em um livro eletrônico com acesso gratuito pela internet. O livro “Termos e expressões do coloquial do cotidiano da zona rural no Brasil Central no século XX” é de autoria de Armando Honório da Silva e Ismael David Nogueira.

Os autores são servidores técnico-administrativos aposentados da Universidade Federal de Goiás (UFG) e escreveram o dicionário goianês com o objetivo de registrar e preservar a memória popular e uma linguagem que eles ouviram e falaram no passado.

Para o autor Armando Honório, o dicionário pode ser bastante útil, sobretudo, quando dois ou mais goianos estiverem “engatados” naquela prosa afiada que ora atravessa gerações, ora fica para trás. “O que está na boca do povo vai se perdendo e nos preocupamos com isso. Muito do que ouvíamos quando jovens, não se usa mais. Por isso, o que fizemos foi uma tentativa de preservação”, comenta.

Armando e Ismael ficaram de 2009 a 2016 “assuntando” e anotando termos que dizem do modo como as pessoas se relacionam umas com as outras no trabalho, no lazer, com a natureza, entre outras manifestações culturais. Eles recorreram aos ouvidos, à atenção imediata e também às próprias recordações. “Não há registro sistemático dessa linguagem em lugar algum, sua fonte de pesquisa é a memória das pessoas mais antigas e as conversas casuais do cotidiano presente”, escreve Ismael, no livro.

Os autores

O eBook tem um quê de biográfico. Ismael é natural de Mato Grosso. Quando menino, ele viveu com a família perto de um garimpo, de onde retirou boa parte de seu repertório. Já Armando, neto de mineiros, nasceu em Goiás, morou em Pontalina, trabalhou em lavoura por cinco anos e em 1967 entrou para o quadro de servidores da UFG. Atualmente, mesmo aposentado desde 1994, continua colaborando com a Universidade, atuando nos arquivos do Departamento de Contabilidade e Finanças. Já Ismael, que se aposentou em 2017, retornou à terra natal. “O livro, na verdade, é a vida da gente”, resumiu Armando, com emoção.

2 Comment threads
0 Thread replies
0 Followers
 
Most reacted comment
Hottest comment thread
2 Comment authors

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Diogo

Não podemos deixar que o modismo mate a tradição,se é certo ou errado o jeito de falar não importa o que importa é que entendemos o que se fala ,parabéns sou um goiano convicto da minha goianidade,e que venha mais e mais expressões goianas.

Edson

Faltou informar o link onde o ebook pode ser baixado.