Dias das Crianças de 2019 deve ter maior alta de vendas em seis anos

Estudo do CNC avalia que maior parte do mercado varejista deve registrar aumento significativo com a data. Vestuário e calçados estão mais baratos

Foto: reprodução

A Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC) divulgou nesta segunda-feira, 7, estimativa que indica maior alta de vendas em seis anos referentes ao Dia das Crianças. O aumento de cerca de 5% em relação a 2018 tem relação direta com baixa nos preços e liberação de saques no FGTS e PIS/Pasep, aponta o estudo.

Se o aumento se confirmar, este será o terceiro ano consecutivo de alta, descontada a inflação. Segundo a CNC essa é a terceira data mais importante do calendário do varejo nacional e deve movimentar cerca de R$ 7,8 bilhões.

O estudo elencou os itens mais procurados, sendo que brinquedos e eletroeletrônicos deve liderar em vendas para a data, com alta esperada de 8,2%. Vestuário e calçados aparecem com estimativa de alta em 4,5%, ocupando a segunda colocação, produtos de hiper e supermercados devem registrar alta de 3,5%. Entretanto, há previsão de baixa no setor de livrarias e papelarias, previsão é de queda em 4,1%.

O economista da CNC, Fabio Bentes considera que o aumento geral se deve a uma junção de fatores:  “Medidas de estímulo à economia, como a liberação de saques no FGTS e PIS/Pasep, além dos juros básicos em novo piso histórico, tendem a favorecer as datas do varejo nesta segunda metade de ano”, afirma Bentes, que relembra que a alta é uma retomada do varejo, que viveu dificuldades no primeiro semestre de 2019.

O segundo fator apontado, o preço, também é fator que anima, a pesquisa da CNC avalia que itens de vestuário, por exemplo, estão mais baratos em -4,0%, tênis em -3,0%, chocolates em -1,4%. O setor de livrarias e papelarias, com estimativa negativa nas vendas reflete alta nos preços dos produtos, os livros estão com alta de 26,8%.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.