Dia da Independência: Pronunciamento de Bolsonaro é acompanhado por “panelaços” em diversas cidades

Houve atos em  São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro, Niterói (RJ), Recife, Maceió, Florianópolis, Goiânia, Porto Alegre e Brasília

Foto: Reprodução.

Na noite do dia da Independência da República, 7, o presidente Jair Bolsonaro fez um pronunciamento à nação, no qual reafirmou o compromisso com a Constituição e com a preservação “da soberania, democracia e liberdade, valores dos quais nosso país jamais abrirá mão”.

“A independência do Brasil merece ser comemorada hoje, dos nossos lares e em nossos corações. A independência nos deu a liberdade para decidir nossos destinos e a usamos para escolher a democracia. Formamos um povo que acredita poder fazer melhor. Somos uma nação temente a Deus que respeita a família e que ama a sua pátria. Orgulho de ser brasileiro”, declarou o presidente.

Na fala, Bolsonaro destacou a participação da Força Expedicionária Brasileira (FEB) na luta contra o nazismo e o fascismo e a miscigenação dos brasileiros.

“A identidade nacional começou a ser desenhada com a miscigenação entre índios, brancos e negros. Posteriormente, ondas de imigrantes se sucederam trazendo esperanças que em suas terras haviam perdido. Religiões, crenças, comportamentos e visões eram assimilados e respeitados. O Brasil desenvolveu o senso de tolerância, os diferentes tornavam-se iguais. O legado dessa mistura é um conjunto de preciosidades culturais, étnicas e religiosas, que foram integradas aos costumes nacionais e orgulhosamente assumidas como brasileira” disse.

Em diversas cidades brasileiras, o discurso de Bolsonaro foi acompanhado por “panelaços”. Os manifestantes gritaram palavras de ordem como “Fora, Bolsonaro!”. Houve registro de atos em bairros de São Paulo, Salvador, Rio de Janeiro, Niterói (RJ), Recife, Maceió, Florianópolis, Goiânia, Porto Alegre e Brasília.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.