Devido às chuvas, trincheira da 90 pode operar parcialmente após inauguração. Entenda 

De acordo com secretário, o concreto precisa cumprir um “período de cura” o que pode acarretar em uma interdição parcial de aproximadamente “cinco ou sete dias”

Obra da trincheira na Rua 90 com Avenida 136 | Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

O secretário municipal de Infraestrutura e Serviços Públicos, Dolzonan Mattos, conversou na manhã desta quinta-feira, 21, com uma rádio local onde garantiu que a pasta trabalha para que a entrega da trincheira, localizada no cruzamento das Avenidas 90 e 136, seja realizada já no próximo dia 30.

Segundo Dolzonan, a chuva da última quarta-feira, 20, “atrapalhou um pouco” o trabalho da equipe. “Se ela retardasse em umas 3 horas nós estaríamos com o piso preparado para receber a camada de concreto na região da trincheira”.

Na avaliação do secretário, o “período de cura” do concreto pode impedir o trânsito imediato de veículos na trincheira assim que for inaugurada por um prazo de até sete dias. Não é o que Dolzonan e a equipe técnica desejam que aconteça, no entanto, não descartam esta possibilidade.

“Dependendo do momento que fizermos a concretagem, há um período de cura. Se não for permitido [tráfego de veículos de imediato] cerca de cinco ou sete dias depois já seria liberado. Mas nas laterais [da trincheira], o trânsito será liberado já no próximo dia 30”, explicou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.