“Deu desespero”, disse Aécio sobre mal súbito de Dilma

Ex-ministra Marina Silva (PSB) teria ligado para o candidato tucano para comentar o debate

Após o final do debate na noite da última quinta-feira (16/10) no SBT, a ex-ministra Marina Silva (PSB) teria ligado para o candidato peessedebista Aécio Neves para comentar o mal súbito de Dilma Rousseff (PT).  Segundo o tucano, aquilo foi resultado do “desespero” da petista. Já Marina afirmou que a ex-companheira de partido foi muito “truculenta”.

“Ela [Dilma] optou por esse caminho”, disse Aécio sobre as observações de Marina. Eles discutiram sobre as polêmicas envolvendo a recusa do mineiro em fazer o teste do bafômetro numa blitz no Rio de Janeiro e como Dilma trouxe o assunto para o debate. O peessebista se defendeu justificando que, assim como ele, todos erram. “Vou defender minha honra até o final”, concluiu.

Os políticos teriam terminado a conversa marcando um novo encontro para esta sexta-feira (17).

Passou mal

A candidata à reeleição à presidência da República Dilma Rousseff (PT) passou mal durante entrevista concedida ao fim do debate eleitoral promovido pelo Uol, SBT e a rádio Jovem Pan. Ela avaliava seu desempenho no encontro quando disse a jornalista que tinha sentido uma oscilação de pressão arterial.

A fala estava sendo transmitida ao vivo e, ao começar gaguejar nas respostas, questionou à entrevistadora se poderia começar de novo ou se a sua fala seria editada. “Tive uma queda de pressão. Um debate exige muito da gente”, afirmou Dilma Rousseff.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.