Programa teve mais de 41 mil inscritos. Três mil foram selecionados para obter, mudar ou adicionar categoria da CNH gratuitamente

Foto: Reprodução

O Departamento Estadual de Trânsito de Goiás (Detran-GO) divulgou nesta terça-feira, 23, a lista dos três mil classificados na terceira edição do programa CNH Social.

A lista foi publicada exclusivamente no site do Detran e os candidatos com o nome na lista têm até 15 dias para efetuar a matrícula on-line e até 30 dias para entregar a documentação em um dos postos de atendimento presencial, garantindo a vaga. O descumprimento do prazo gera a desclassificação.

A matrícula deve ser feita no site e o comprovante entregue com toda a documentação exigida em uma das unidades do Detran-GO, Ciretrans ou Vapt Vupt. Durante o atendimento presencial, será aberto o Registro Nacional de Carteira de Habilitação (Renach), que é o início do processo.

O candidato que não cumprir os prazos ou não apresentar a documentação comprobatória será desclassificado. As vagas remanescentes comporão a lista de segunda chamada que deve ser publicada no dia 30 de abril.

Mais de 41 mil inscritos

Nesta terceira etapa, 41.957 pessoas se inscreveram para 3 mil vagas. A modalidade mais concorrida foi a Urbana, que teve 35.873 inscritos, seguida da Estudantil (3.758) e Rural (2.326). Criado pelo Governo de Goiás, por meio do Detran-GO, o programa CNH Social oferece à população de baixa renda a oportunidade de obter a Carteira Nacional de Habilitação, adicionar ou mudar a categoria.

A classificação dos inscritos é feita com base em critérios técnicos preestabelecidos em edital, como menor renda ‘per capta’ familiar, maior número e componentes do grupo familiar, benefício do Renda Familiar, data e hora da inscrição. Para a modalidade Estudantil, a nota média do ensino médio apurado pela Secretaria de Estado da Educação.

O programa tem quatro etapas: inscrição, classificação, efetivação da matrícula e o processo de habilitação. É de responsabilidade do inscrito, acompanhar o processo e cumprir os termos e prazos estabelecidos no edital. Do total de vagas abertas, 5% são destinadas às pessoas com deficiência.

Os contemplados recebem isenção de taxas como inclusão no Renach, Licença de Aprendizagem de Direção Veicular, agendamento de prova teórica, agendamento de exame prático, exame médico e psicológico, além das aulas e provas teóricas e práticas. Também são oferecidos até três retestes gratuitos, caso necessário.