Detentos do semiaberto de Aparecida tentam fugir por buraco feito na parede de cela

Após perceberem a ação, agentes realizaram verificação da quantidade de detentos e constataram que nenhuma fuga foi concretizada

Foto: Agência Brasil

Servidores plantonistas da Colônia Agroindustrial do Regime Semiaberto de Aparecida de Goiânia, juntamente com o Grupo Muralha e Guaritas (GMG), o Grupo de Operações Penitenciárias Especiais (GOPE) e o Grupo Tático de Ações Especiais (GTAE), impediram a fuga de diversos detentos na madruga desta sexta-feira, 20.

Segundo informações repassadas pela Diretoria-Geral de Administração Penitenciária (DGAP), os custodiados perfuraram um buraco na parede de uma das celas utilizando materiais da estrutura do local para tentar fugir do ambiente prisional. Após perceberem a ação, agentes realizaram verificação da quantidade de detentos e constataram que nenhuma fuga foi concretizada

Diante do ocorrido, a direção da Unidade instaurou procedimentos administrativos internos para apuração e aplicação das sanções disciplinares aos presos responsáveis pela perfuração. O local foi isolado para a reforma estrutural necessária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.