Desvio de dinheiro no programa Farmácia Popular será discutido no Congresso

Deputado federal Elias Vaz (PSB-GO) ofereceu denúncia à Câmara Federal para apurar fraude milionária

Após reportagem veiculada pelo Fantástico, da Rede Globo, no dia 15 de maio, o deputado federal Elias Vaz requereu à Câmara dos Deputados para que investigassem o esquema de desvio de dinheiro público com a compra de remédios pelo programa Farmácia Popular.

O Farmácia Popular foi criado em 2004, no governo de Luiz Inácio Lula da Silva (PT), em parceria com os municípios brasileiros com a finalidade de garantir a continuidade do tratamento de doenças através de medicamentos gratuitos ou com descontos. Em 2021, o Ministério da Saúde pagou 2,5 bilhões para mais de 30 mil farmácias credenciadas no país. Na denúncia, há casos de receitas arquivadas em nome de pessoas que já morreram, médicos que não reconhecem a assinatura nas receitas, lançamentos fraudulentos e até retiradas informadas no aplicativo do Conecte SUS de remédios para cidadãos que não fizeram a solicitação.

Segundo o autor da denúncia, Elias Vaz, “é dinheiro público indo para o ralo da corrupção. Enquanto isso, centenas de pacientes ficam desassistidos. Toda essa situação precisa ser investigada e os responsáveis punidos”, afirma o deputado.

A Comissão de Fiscalização Financeira e Controle aprovou requerimento para a realização de audiência, com a participação de representante do Ministério da Saúde; do Tribunal de Contas da União; da Procuradoria da República; do Conselho Federal de Farmácia; da Associação Brasileira do Comércio Farmacêutico; do Sindicato Nacional dos Auditores do SUS e do delegado responsável pelo caso na Polícia Federal, Franklin Medeiros. Além disso, também devem participar representantes de redes de farmácias que aparecem no Conecte SUS como fornecedoras de medicamentos que nunca foram entregues – Drogasil, Drogaria Rosário, Drogaria São Paulo e Drogaria Pacheco.

2 respostas para “Desvio de dinheiro no programa Farmácia Popular será discutido no Congresso”

  1. Avatar Helder Godoi Vieira disse:

    Mais um esquema de corrupção na Saúde e crianças morrendo, aguardando leito de UTI. SOFRIDO POVO BRASILEIRO.

  2. Avatar Raul disse:

    Esse programa deveria acabar o mais rápido possível e se for reabrir que seja em novo sistema com novos credenciamentos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.