Deputados goianos mudam voto para aprovar financiamento empresarial

No total, 74 parlamentares trocaram de posicionamento e votaram sim em nova sessão de discussão do tema; Daniel Vilela (PMDB) e Sandes Júnior (PP) estão entre eles

fdfasdf | Fotos: Fernando

O partido de Daniel Vilela (PMDB) foi um dos que teve maior número de mudança de votos | Fotos: Fernando Leite

Bruna Aidar

Na quarta-feira (27/5), o tema do financiamento empresarial de campanha foi recolocado em votação e a Câmara aprovou, então, uma emenda que permite que partidos, em vez dos próprios deputados, recebam doações empresariais. No total, 71 deputados mudaram de opinião e votaram a favor da proposta. Na lista, há dois goianos: Daniel Vilela (PMDB) e Sandes Júnior (PP).

Na primeira votação, realizada na terça-feira (26), a Câmara dos Deputados havia rejeitado uma emenda aglutinativa à proposta da Reforma Política que permitia que candidatos e partidos recebessem recursos de empresas e pessoas físicas. A doação empresarial precisava de 308 votos para ser aprovada, mas só conseguiu 264.

Na nova votação, a doação empresarial foi aprovada por 330 votos positivos contra 141 negativos. Foram, no total, 74 votos positivos a mais, em relação à votação de terça-feira. Três deputados se abstiveram na primeira votação e depois mudaram para sim.

Confira a lista dos deputados que mudaram seu voto:

DEM:

Jorge Tadeu Mudalen (SP)

Mandetta (MS)

Misael Varella (MG)

Moroni Torgan (CE)

Professora Dorinha Seabra Rezende (TO)

PDT:

Roberto Góes (AP)

PMDB:

Baleia Rossi (SP)

Daniel Vilela (GO)

Edinho Bez (SC) – mudou o voto de “abstenção” para “sim”

João Arruda (PR)

Lelo Coimbra (ES)

Marinha Raupp (RO)

Rodrigo Pacheco (MG)

Ronaldo Benedet (SC)

Roney Nemer (DF)

Vitor Valim (CE)

PMN:

Antônio Jácome (RN)

Hiran Gonçalves (RR)

PP:

Conceição Sampaio (AM)

Missionário José Olímpio (SP)

Odelmo Leão (MG)

Sandes Júnior (GO)

PR:

Cabo Sabino (CE)

Lincoln Portela (MG)

Paulo freire (SP)

PRB:

Alan Rick (AC)

André Abdon (AP)

Antonio Bulhões (SP)

Carlos Gomes (RS)

Celso Russomanno (SP)

Cleber Verde (MA)

Fausto Pinato (SP)

Jhonatan de Jesus (RR)

Jony Marcos (SE)

Marcelo Squassoni (SP)

Márcio Marinho (BA)

Roberto Alves (SP)

Roberto Sales (RJ)

Ronaldo Martins (CE)

Rosangela Gomes (RJ)

Sérgio Reis (SP)

Tia Eron (BA)

Vinicius Carvalho (SP)

PROS:

Domingos Neto (CE)

Leônidas Cristino (CE)

Rafael Motta (RN)

PRP:

Marcelo Álvaro Antônio (MG)

PRTB:

Cícero Almeida (AL)

PSB:

João Fernando Coutinho (PE)

Valadares Filho (SE)

PSC:

Edmar Arruda (PR)

Marcos Reategui (AP)

Pr. Marco Feliciano (SP)

Professor Victório Galli (MT)

Raquel Muniz (MG)

PSD:

Paulo Magalhães (BA)

Sérgio Brito (BA)

PSDB:

Daniel Coelho (PE) – mudou o voto de “abstenção” para “sim”

Mara Gabrilli (SP) – mudou o voto de “abstenção” para “sim”

PSDC:

Aluisio Mendes (MA)

PSL:

Macedo (CE)

PTC:

Uldurico Junior (BA)

PTdoB:

Luís Tibé (MG)

Pastor Franklin (MG)

PTN:

Bacelar (BA)

PV:

Dr. Sinval Malheiros (SP)

Penna (SP)

Sarney Filho (MA)

Victor Mendes (MA)

Solidariedade:

Augusto Carvalho (DF)

Elizeu Dionizio (MS)

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.