Deputados federais por Goiás usaram as redes sociais para manifestar pesar pela morte do irmão da deputada Sâmia Bomfim (Psol), assassinado a tiros em um quiosque no Rio de Janeiro. Parlamentares de diferentes partidos pediram Justiça e lamentaram a tragédia que, além do irmão de Sâmia, vitimou outros dois médicos.

O ortopedista Diego Ralf Bomfim, de 35 anos, era especialista em Reconstrução Óssea pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.

Ele foi morto na madrugada desta quinta-feira, 5, na Barra da Tijuca.

Confira as manifestações dos parlamentares goianos sobre o ocorrido:

Delegada Adriana Accorsi
“Toda solidariedade para minha querida colega deputada Sâmia Bomfim que perdeu seu irmão. Muita força! Me solidarizo também com a família dos outros médicos executados na noite de ontem na Barra da Tijuca – RJ. Não ficarão impunes! Ajustiça alcançará!”

Gustavo Gayer
“Meus sinceros pêsames à deputada Sâmia Bomfim pelo falecimento de seu irmão Diego R. Bomfim, infelizmente vítima de um ataque criminoso. Não há espaço para diferenças nesses momentos. Estendo as consternações aos entes das outras duas vítimas dessa crueldade. Deus seja com todos!”

Glaustin da Fokus
“Minha solidariedade à deputada federal @samiabomfim e aos familiares dos três médicos que foram cruelmente assassinados ontem, no Rio de Janeiro. Essa violência é inadmissível e deve ser severamente combatida. Que Deus conforte a todos e que a justiça seja feita!”

Ismael Alexandrino
“Lamento profundamente a trágica perda de três colegas médicos assassinados no Rio de Janeiro na madrugada de hoje. Que Deus os receba e console as famílias de Diego Ralf Bomfim — irmão da colega de parlamento deputada Sâmia Bomfim, com quem também me solidarizo — Marcos de Andrade Corsato e Perseu Ribeiro Almeida. Vamos orar pela recuperação do outro médico hospitalizado, Daniel Sonnewend Proença, e cobrar as autoridades competentes a apurar e punir os responsáveis.”

Lêda Borges
“Minha solidariedade a nossa colega Sâmia Bomfim que perdeu seu irmão em um ataque de
criminosos a quatro médicos, nesta madrugada, em um quiosque, na Barra da Tijuca, Rio de
Janeiro. Nossa solidariedade às famílias dos outros médicos vítimas desta violência brutal.”

Silvye Alves

“Lamento profundamente a morte do médico Diego Bomfim, irmão da colega deputada Sâmia Bomfim, em um ataque a tiros no Rio. Outros dois médicos, Marcos Corsato e
Perseu Ribeiro Almeida também foram mortos. Meus sentimentos aos familiares e
amigos. Que a justiça seja feita. “

Rubens Otoni e José Nelto cobraram apuração sobre a morte dos médicos.

Como foi o ataque

Os quatro médicos estavam em um quiosque na Barra da Tijuca, Zona Oeste do Rio, por volta de 1h da manhã.

Imagens de uma câmera de segurança mostram o momento que um veículo branco estaciona ao lado da mesa onde estavam reunidos os médicos. Três homens descem do veículo e efetuam os disparos.

Imagens mostram momentos antes da execução

Imagem compartilhada por um dos médicos nas redes sociais mostram o momento da confraternização | Foto: Reprodução

Saiba quem são as vítimas

  • Daniel Sonnewnd Proença, 32 anos, formado pela Faculdade de Medicina de Marília em 2016.
  • Diego Ralf Bomfim, 35 anos, formado em Medicina na USP, é irmão da deputada federal Sâmia Bomfim.
  • Marcos de Andrade Corsato, 62, médico assistente do Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital de Clínicas da Faculdade de Medicina da USP.
  • Perseu Ribeiro Almeida, 33 anos, era especialista em cirurgia no pé pelo Instituto de Ortopedia e Traumatologia do Hospital das Clínicas da Faculdade de Medicina da USP

O ministro da Justiça, Flávio Dino, determinou que a Polícia Federal acompanhe a investigação, devido à proximidade de uma das vítimas com a parlamentar.

Leia também:

Homem que matou diarista e escondeu corpo em fossa, em Cristianópolis, é condenado a 20 anos de prisão

Testemunha vira suspeito de matar Tupac; saiba como