Deputado propõe instalação de dispositivos luminosos em radares de velocidade

Ideia, segundo parlamentar, não é impedir o uso dos radares e sim “disciplinar seu emprego”

Foto: Fernando Leite / Jornal Opção

Foi protocolado na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) um projeto de Lei, apresentado pelo deputado estadual Paulo Trabalho (PSL), que prevê a instalação de “sinalização luminosa piscante” nos radares das vias estaduais. O objetivo da matéria é indicar a existência dos dispositivos de controle de velocidade aos motoristas.

O documento apresentado pelo parlamentar diz que o radar deve ser perceptível aos condutores em uma distância mínima de 300 metros de forma que, a ausência deste sinal luminoso implicará na nulidade da multa aplicada ao infrator.

Logo após a apresentação da proposta em plenário, parlamentar conversou com o Jornal Opção e explicou que a ideia não é impedir o uso dos radares e sim “disciplinar seu emprego” de maneira que os condutores saibam onde estão localizados para que possam alterar a velocidade do veículo com cautela.

No documento, ele reforça que comumente o motorista percebe tardiamente a existência do radar, “fato que o faz frear no último instante, sem as cautelas necessárias”. “Não raramente essas atitudes bruscas têm consequências contrárias ao esperado, ou seja, contribuem com acidentes fatais”. A matéria seguirá agora para a Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJ), onde será apreciada pelos parlamentares. 

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.