Deputado propõe homenagem a policiais que impediram atentado em colégio de Uruaçu

Jovens planejavam matar ao menos 30 pessoas. Alvos seriam diretores, coordenadores, professores e alunos da unidade de ensino

Deputado Estadual Paulo Trabalho | Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

Em ação conjunta, a Polícia Militar (PM-GO) e a Polícia Civil do Estado de Goiás (PC-GO) apreenderam um adolescente de 16 anos que pretendia atentar contra o Colégio Estadual Alfredo Nasser, localizado no município de Uruaçu, na quarta-feira, 17, deste mês. Devido ao sucesso da ação preventiva dos policias, o deputado Paulo Trabalho (PSL) requereu ao Legislativo Goiano uma homenagem aos policiais envolvidos.

A intenção do jovem apreendido seria alvejar ao menos 30 pessoas durante o ataque. “Esses profissionais merecem uma homenagem por terem evitado uma grande tragédia”, justificou o parlamentar. “Vimos, nas conversas registradas entre os jovens de iniciativa criminosa, que eles falavam em matar ao menos 30 pessoas. Menos que isso, seria vergonhoso. Ou seja, se não fosse a eficiência desses policiais, hoje teríamos ao menos 30 famílias em luto”, destacou.

Trabalho considera “muito justo e importante que o Poder Público possa prestar uma homenagem a todos os envolvidos”. O jovem planejou o ataque com armas de fogo, facas e coquetel molotov. Os alvos do garoto eram  diretores, coordenadores, professores e alunos do colégio. Paulo trabalho também é autor do projeto que Lei que prevê a presença de guardas armados em unidades escolares da rede estadual de ensino.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.