Deputado eleito Lucas Calil afirma que rejeição de prestação de contas foi “questão de tempo”

Segundo informações do TRE-GO, mesmo com as contas rejeitadas o candidato eleito é diplomado

calil destaque

Lucas Calil (PSL) | Foto: Reprodução/ Facebook

O Tribunal Regional Eleitoral de Goiás (TRE-GO) julgou e desaprovou na última segunda-feira (16/12) a prestação de contas de Lucas Calil (PSL) que conquistou uma das 41 vagas a Assembleia Legislativa do Estado de Goiás nas eleições de outubro passado. Calil foi eleito com mais de 18 mil votos pela chamada “chapinha” da base de sustentação do governador reeleito Marconi Perillo (PSDB).

Em entrevista ao Jornal Opção Online o futuro parlamentar explicou que realizou todas as diligências “para a devida prestação de contas, entretanto, por uma questão de prazo, não foi possível fechar os dados a tempo”.

Mesmo com as contas rejeitadas, o candidato eleito é diplomado. Segundo informações do TRE-GO, o candidato teria problema se ele não tivesse apresentado as contas da campanha eleitoral antes da diplomação – que no caso de Goiás, ocorre nesta sexta-feira (19).

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.