Deputado da “dancinha” vira ministro de Temer

Aliado de Eduardo Cunha, o deputado federal Carlos Marun vai comandar a articulação política do Palácio do Planalto

Reprodução

Conhecido como “deputado da dancinha”, o deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) vai ser o articulador político do governo de Michel Temer, como ministro da Secretaria de Governo. Marun vai substituir o tucano Antônio Imbassahy (BA) na pasta, na reforma ministerial que Temer já iniciou com a nomeação do goiano Alexandre Baldy no Ministério das Cidades.

Conforme reportagem da “Folha” desta quarta-feira (22/11), para oficializar a nomeação, Temer se reuniu com Marun hoje de manhã e o deputado disse que não pretende ser candidato à reeleição, condição estabelecida pelo peemedebista para a escolha. O anúncio deve ser feito ainda nesta tarde.

O deputado sul-mato-grossense é indicação da bancada do PMDB na Câmara. Ele foi o principal líder da tropa de choque do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) no processo que levou à cassação e à prisão do parlamentar fluminense.

Marun ganhou notoriedade em outubro, durante a votação da segunda denúncia contra o presidente Michel Temer na Câmara dos Deputados. Batendo palmas e dançando no plenário, ele entoou o refrão da música “Tudo Está no Seu Lugar”, comemorando o não prosseguimento da denúncia antes mesmo do fim da votação. Certamente inspirado na ex-deputada petista Angela Guadagnin, que em 2006 comemorou dançando a absolvição do colega João Magno (PT-MG) no processo do mensalão e ficou conhecida como símbolo de impunidade.

O nome de Marun não era pacífico na base governista. O PR e o PSD queriam a manutenção de Imbassahy no posto, o que era defendido também pelo presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Mas a maioria dos partidos da base aliada cobrava a saída de Imbassahy, como forma de desmobilizar o PSDB do governo. Michel Temer chegou a admitir a permanência do tucano, mas avaliou que a mudança ajudará a destravar a votação da reforma da Previdência, ajudando a conquistar votos para aprovar a proposta.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.