Deputado comemora PEC que cria Polícia Penal e anseia por aprovação de projeto similar em Goiás

Eduardo Prado (PV) diz que a aprovação foi articulada com presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e a bancada da Segurança da Casa

Foto: Fábio Costa/Jornal Opção

Nesta quarta-feira, 6, a Câmara dos Deputados aprovou, com 385 votos favoráveis e 16 contrários, a Proposta de Emenda Constitucional (PEC) 372/17, do Senado, que cria as polícias penais Federal, dos Estados e do Distrito Federal. O texto vai ser enviado à Comissão de Constituição e Justiça e de Cidadania (CCJ) para elaboração da redação final e, em seguida, ser promulgado.

O deputado estadual Eduardo Prado (PV), afirmou que o projeto aprovado foi resultado de uma articulação com o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM), e a bancada da Segurança da Casa. Também declarou que um projeto parecido de sua autoria será votado na Assembleia Legislativa de Goiás (Alego) e será o primeiro, entre todos os estados, a ser sancionado.

“Eu vejo que o sistema prisional tem que ser valorizado. Seus homens e sua estrutura. Amudança da Segurança Pública no Brasil depende da mudança do sistema prisional, onde os presos devem trabalhar, se autossustentarem e ressarcir as vítimas de todos os prejuízos” ressaltou.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.