Denunciado pelo MP, acusado de matar opositor político é condenado a 20 de prisão em Mara Rosa

Crime ocorrido em 2015 teve como vítima ex-prefeito de Estrela do Norte. Caso extraconjugal motivou o homicídio

Tribunal do Júri de Mara Rosa condenou acusado a 20 anos de reclusão| Foto: Ministério Público

O Tribunal do Júri da comarca de Mara Rosa condenou Waldivino José de Almeida a 20 anos de reclusão, em regime inicialmente fechado. Na sentença, foi mantida a prisão preventiva do acusado durante a fase recursal. Os jurados condenaram os acusados de homicídio duplamente qualificado, com agravantes. A vítima foi o ex-prefeito de Estrela do Norte, Geraldo Nicolau Filho, em 2015. Os envolvidos foram denunciados à época pela promotora de Justiça Cristina Emília França Malta.

A acusação no Tribunal do Júri foi feita pela promotora de Justiça de Mara Rosa, Antonella da Cunha Paladino, com apoio do promotor de Justiça João Marcos Ramos Andere, da comarca de Mineiros, e da assistente da acusação, a advogada  Ana Amélia Paulino. A sessão foi presidida pelo juiz Flávio Fiorentino de Oliveira.

Além de Waldivino, foram denunciados Wellington José de Almeida e a mulher, Elaine Cristina Vaz, assim como a amiga do casal Renata Pereira Rezende, que participaram de maneira direta ou indireta do homicídio.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.