Denúncia contra Marconi tem caráter eleitoreiro, diz José Vitti

De acordo com o parlamentar, situação tem objetivo de interferir na disputa do candidato a senador

O presidente da Assembleia Legislativa, José Vitti (PSDB), afirmou nesta terça-feira (4/9) que a decisão da 8ª Vara Criminal de Goiânia de aceitar, “em plena campanha”, denúncia contra o ex-governador Marconi Perillo (PSDB), que concorre ao Senado, tem caráter eleitoreiro, com clara intenção de interferir na disputa.

“Estamos diante de um procedimento publicamente sem provas, com o radialista Luís Carlos Bordoni condenado em segunda instância ao pagamento de indenização por não ter conseguido apresentar nenhum elemento que comprove suas imputações, obviamente porque se tratam de mentiras”, disse Vitti.

O parlamentar disse que a ação “visa claramente produzir falsas manchetes para os adversários”. “Estamos diante de uma evidente tentativa de desequilibrar o processo eleitoral. O Colégio Superior do Ministério Público já havia retirado o ex-governador da apuração, a Justiça, por sua vez, já tinha anulado as gravações da Monte Carlo, e o próprio Marconi abriu voluntariamente os seus sigilos”, afirmou Vitti.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.