DEM define valor que a sigla em Goiás irá receber do fundo eleitoral para campanha

Sigla possui R$ 87.503.080,78 para distribuir aos diretórios estaduais

Foto: Reprodução/Facebook

Após reunião com a executiva nacional na última terça-feira (21/8), foi definido quanto os candidatos do DEM em Goiás receberão dos R$ 87.503.080,78 que a sigla já recebeu do fundo eleitoral. 

De acordo com Marcos Roberto Silva, advogado da campanha do partido no Estado, o candidato ao governo, senador Ronaldo Caiado, irá receber R$ 2,5 milhões, enquanto o senador Wilder Morais terá R$ 500 mil para a candidatura à reeleição. Os candidatos para deputado federal recebem R$ 1 milhão cada.

Segundo a nova legislação eleitoral, cabe às executivas nacionais das legendas os repasses para os seus diretórios estaduais, conforme regras fixadas pelas próprias siglas e submetidas à aprovação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

Todo os partidos, para receberam os recursos, devem repassar, obrigatoriamente, 30% para candidaturas de mulheres. “A ideia é pulverizar esse valor entre as candidatas”, explicou Marcos.

Fundo

O Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC) foi criado em 2017, como parte da reforma política aprovada pelo Congresso Nacional. Os recursos estão previstos no Orçamento Geral da União e são a principal fonte de custeio das campanhas eleitorais, após a proibição das doações de empresas.

Do total de R$ 1,7 bilhão do Fundo Especial de Financiamento de Campanha (FEFC), o Tribunal Superior Eleitoral (TSE) mandou pagar até esta quarta-feira (22/8) cerca de R$ 1,3 bilhão para 22 dos 35 partidos políticos que têm direito aos recursos.

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.