Delegado goiano é afastado por se apropriar de carro de suspeito

Justiça tirou o policial de suas funções e determinou que ele faça apenas trabalhos administrativos na Polícia Civil

O Tribunal de Justiça do Estado de Goiás (TJ-GO) divulgou nesta quarta-feira, 29, uma decisão judicial que afastou um delegado da Polícia Civil por ser acusado de apropriação de um veículo de suspeitos.

Conforme detalha a matéria do Tribunal, o delegado, Alex Nicolau foi investigado por ocupar a orgiem e a movimentação de um carro obtido em uma operação em 2017. Na ocasião, agentes do cumpriam mandado de prisão contra um acusado de latrocínio, quando houve troca de tiros, que culminou na morte do criminoso, que possuía o carro em sua garagem.

Segundo a acusação do Ministério Público de Goiás, Alex Nicolau não lavrou nenhum termo de apreensão de bens, nem instaurou qualquer procedimento a respeito do veículo. O delegado passou, então, aponta o TJ, a utilizar o carro em seu benefício.

Na decisão, a juíza determinou o afastamento das funções do delegado, que deverá ser lotado em uma unidade administrativa, a critério da Polícia Civil, e ainda, que Robson Cleber Alves está proibido de se ausentar da comarca, assim como de mudar de endereço, sem prévia comunicação judicial, devendo comparecer a todos os atos processuais, assim que intimado, e não praticar novas infrações penais.

Quanto ao veículo, a magistrada pediu sua alienação antecipada, devendo os valores angariados com a venda depositados em conta do Fundo Especial de Reaparelhamento e Modernização do Poder Judiciário (Fundesp), conforme artigo 144-A do Código de Processo Penal. Veja decisão(Com informações TJGO)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.