Delegada pode encerrar inquérito de Neymar na segunda

Se isso ocorrer, este será enviado ao Ministério Público, que poderá pedir pelo arquivamento, denunciar ou, ainda, pedir novas diligências

Foto: Divulgação

A expectativa da polícia é encerrar a investigação sobre o suposto estupro e agressão cometidos por Neymar até segunda, 1º. Na sexta-feira, a 6ª Delegacia de Defesa da Mulher (DDM), na Zona Sul de São Paulo, ouviu a ex-advogada da reclamante Najila Trindade, Yasmin Pastore Abdalla, que deve ser a última a ser ouvida.

Não houve divulgação do depoimento, mas a expectativa da polícia era que Yasmin, também amiga da modelo, esclarecesse acerca do desaparecimento do celular da reclamante. Nele estariam vídeos do segundo encontro dela com Neymar, em Paris.

Opções

Vale destacar que, caso a delegada do caso, Juliana Lopes Bussacos, ache necessário, ela pode pedir mais prazo. Do contrário, o inquérito será finalizado na segunda.

Se encerrado, o inquérito segue para a Justiça e o Ministério Público, que poderá pedir pelo arquivamento, denunciar ou, ainda, pedir novas diligências.

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.