Defesa de jovem filmado agredindo a namorada nega descumprimento de medidas protetivas

A vítima, Luciana Sinzimbra, acusou Victor Junqueira de não respeitar decisões judiciais ao tentar contactá-la por telefone

Por Italo Castrillon

Victor Junqueira | Foto: Reprodução

O piloto Victor Augusto do Amaral Junqueira, de 24 anos, filmado agredindo sua então namorada, a advogada Luciana Sinzimbra, de 26 anos, foi acusado de descumprir medidas protetivas de urgência ao tentar entrar em contato com ela. Romero Ferraz, o advogado que representa Victor Junqueira, se manifestou acerca da acusação negando descumprimento de qualquer medida judicial.

Segundo a defesa,“os ditos registros de ligação e mensagem apagada no seu aplicativo whatsapp, foram realizados pela genitora de Victor, a qual, desde os fatos, sempre manteve contato com Luciana, sem sua autorização e ou intervenção”.

De acordo com Romero Ferraz, tudo está demonstrado nos autos e que só pode ser considerado descumprimento das medidas se a prática partir de Victor, o que não aconteceu.

O caso

O rapaz, que é filho do ex-prefeito de Anápolis, Eurípides Junqueira, teve as medidas cautelares interpostas pela juíza Ítala Colnaghi Bonassini da Silva. Entre elas, estão a proibição de Victor Junqueira se aproximar de Luciana Sinzimbra a menos 300 metros, ou a contactá-la de qualquer forma.

A agressão, ocorrida no dia 14 de dezembro em Goiânia, teve seu registro compartilhado nas redes sociais e resultou no pedido de prisão de Victor Junqueira. O pedido foi indeferido pela juíza que analisou o caso à época dos acontecimentos por não existirem elementos suficientes para a prisão.

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.