Decreto que autoriza volta da torcida aos estádios será publicado na próxima semana, diz Policarpo

Um estudo técnico está sendo realizado pela secretaria de Saúde para definir o percentual do público que deve ser liberado, levando em consideração a situação epidemiológica do munícipio e a taxa de ocupação dos leitos de UTI

Após a Confederação Brasileira de Futebol (CBF) divulgar uma versão do Protocolo de Recomendações para Retorno do Público aos Estádios, o presidente da Câmara Municipal de Goiânia, Romário Policarpo (Patriota) se reuniu na tarde desta sábado, 14, com o secretário municipal de Governo, Arthur Bernardes e o secretário de Saúde, Durval Pedroso, além de representantes da diretoria do Vila Nova, para discutir a volta da torcida aos estádios da Capital.

De acordo com Romário Policarpo, um estudo técnico está sendo realizado pela secretaria de Saúde para definir o percentual do público que deve ser liberado para o acesso aos estádios, levando em consideração a situação epidemiológica do munícipio e a taxa de ocupação dos leitos de UTI destinados a pacientes com a Covid-19.

“Estamos dependendo desse cálculo. Mas já está bem definido o retorno do público aos estádios. Até o final da próxima semana a prefeitura deve editar e publicar o decreto com a autorização”, afirma Policarpo.

O vereador e diretor de comunicação social do Vila Nova explica que para ter acesso aos estádios, os torcedores terão que fazer um teste RT-PCR para detecção do vírus SARS-CoV-2 até três dias antes da data da partida ou apresentar o cartão de vacinação contra a Covid-19. Além de seguir os demais protocolos sanitários como distanciamento e obrigatoriedade do uso de máscara. A venda de ingressos também será feita apenas de forma online para evitar aglomerações de filas.

“Eu acredito que a partir dos números já apresentados a liberação da capacidade de público deve de 30% a 50%. E isso começa a atender um pouco os times de futebol. Essa renda de bilheteria é boa parte do recursos dos clubes. Entendemos o momento, mas a volta do público aos estádios já vai ser um grande alento para essas entidades”, pontua Romário Policarpo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.