Decisão, assinada pelo governador do DF, Ibaneis Rocha, visa evitar formação de aglomerações nas intermediações do Congresso Nacional

Maioria dos internautas não sabe o que o parlamentarismo, sistema de governo em discussão no Congresso | Foto: Agência Senado

O governador do Distrito Federal Ibaneis Rocha (MDB) determinou o fechamento da Esplanada dos Ministérios neste domingo, 13. A decisão foi tomada devido a grande quantidade de aglomerações que tem se formado em manifestações ocorridas, principalmente, aos domingos nas dependências do Congresso.

Com isso, a circulação de veículos e pedestres está proibida durante às 00h e 23h59 deste domingo. De acordo com informações do jornal Correio Braziliense, o acesso aos prédios públicos federais será permitido apenas a autoridades devidamente identificadas e a servidores públicos federais que estejam em serviço.

Devido a decisão, manifestantes chegaram a tentar invadir a rampa do edifício-sede do Congresso Nacional, mas foram impedidos. Revoltado, um dos manifestantes chegou a ameaçar o governador do DF pelo decreto.

Mais tarde, Ibaneis se pronunciou para dizer que o autor das ameaças já havia sido identificado e que deverá ser preso. Ainda de acordo com a reportagem, o governador teria enfatizado que sempre respeitou as manifestações em seu governo e completou: “nunca reprimi. Mas não admito ameaças”.