Declaração de Ibaneis Rocha causa “nojo e repulsa”, diz Caiado

Governador do Distrito Federal disse em entrevista nesta terça-feira que poderá fechar a divisa entre Goiás e DF devido aos casos de Covid-19

Em resposta, governador de Goiás citou o fato de Goiás ter recebido os pacientes vindos de Manaus| Foto: Sérgio Rocha

O governador do Distrito Federal, Ibaneis Rocha (MDB), ameaçou fechar as divisas do DF com Goiás. A declaração foi dada pelo governador em entrevista nesta terça-feira, 23. Segundo ele, 25% das internações em unidades de terapia intensiva (UTIs) do DF são de pacientes da região do Entorno, mas principalmente de cidades goianas. 

O mapa epidemiológico divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-GO), colocou as regiões do Entorno situações pericliantes. O chamado Entorno Sul está em situação de calamidade, enquanto o Entorno Norte se encontra em situação crítica. 

A falta de atendimento em hospitais do Entorno, tem levado pacientes a recorrerem a unidades de saúde do Distrito Federal, a atitude foi tratada por Ibaneis Rocha como negligência por parte do governo de Goiás. “O Governo de Goiás está negligenciando seus pacientes. Sem leitos e hospitais, transfere a obrigação de cuidar de sua população a nós, do DF. Não me furto a essa missão, mas está chegando a um ponto em que a gente precisa chamar a atenção do governador”, afirmou Ibaneis na entrevista. 

Em resposta, o governador Ronaldo Caiado (DEM), tratou a declaração de Ibaneis Rocha com “nojo e repúdio”. Segundo o governador, a fala do governador do Distrito Federal mostra a sua “falta de empatia e respeito pela vida”. Na nota, Caiado cita o acolhimento que Goiás realizou aos pacientes vindos de Manaus, quando o sistema de saúde da capital do Amazonas entrou em colapso. 

Ainda na nota, o governador diz que os hospitais de campanha de Luziânia e Formosa receberam pacientes vindos do Distrito Federal e que estes pacientes foram atendidos com o mesmo respeito que há pela vida dos goianos. “Sei que a declaração do governador Ibaneis não condiz com o pensamento de quem mora em Brasília. Essa declaração é de uma pequenez que rima com o seu próprio nome”, finalizou.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.