Mesmo com déficit de vagas, Iris diz que “tudo está funcionando quase 100%” na educação municipal

Prefeito de Goiânia elegeu a área como destaque de sua gestão, mesmo com as 9 mil crianças que não conseguiram se matricular, número divulgado pela própria SME

Foto: Reprodução

O prefeito Iris Rezende (MDB) afirmou nesta quinta-feira, 27, que a área “destaque” de sua gestão em 2018 foi a educação. Entretanto, a falta de vagas nos CMEIs e a extinção de turmas em escolas municipais são problemas que precisam ser resolvidos pela gestão municipal.

“Em primeiro lugar está a educação. As crianças das escolas municipais estão aprendendo e evoluindo mais. Ninguém notou, mas fizeram um concurso a nível nacional na área da matemática e entre os vinte primeiros colocados, seis eram de Goiânia. O primeiro lugar foi de um aluno de escola municipal. Isso representa um avanço extraordinário”, disse o prefeito.

Iris também afirmou que as vagas na educação municipal foram ampliadas: “aumentamos o número de crianças no ensino infantil e ensino fundamental”, afirmou o prefeito ao pontuar que, “eu diria que tudo está funcionando quase 100%”.

No entanto, a Secretaria Municipal de Educação (SME) disponibilizou apenas 11.869 vagas para alunos novatos dos Centros Municipais de Educação Infantil (Cmeis) para o próximo ano. São 3,2 mil vagas a mais que no ano passado, sendo que déficit divulgado pela própria SME, era de 9 mil vagas. Vale ressaltar ainda que a lista de espera chega a 30 mil pessoas.

Outro problema na área “destaque” foi a decisão polêmica da SME que transfere as crianças com 4 anos dos CMEIs para pré-escolas de meio período. A mudança preocupa os pais que questionam a adequação das escolas para receberem as crianças. O Ministério Público de Goiás (MPGO) e vereadores acompanham o caso.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.